skip to Main Content

Sócrates Brasileiro

Caros,

O blog Chutebol homenageia o Doutor Sócrates, falecido este mês, na série ‘Grandes Craques’. Adaptamos um texto primoroso de José Miguel Wisnik. Abaixo, um vídeo com uma belíssima jogada da Copa de 82!
Sócrates Brasileiro

O Doutor Sócrates, capitão da seleção de 1982, paraense-paulista dividido entre o futebol e a carreira de medicina, tinha aderido tardiamente ao futebol como profissão total. Mais longilíneo ainda do que Cerezo e Falcão, ostentando uma desenvoltura exuberante sobre um equilíbrio entre firme e periclitante, era surpreendente, seja no passe, no drible ou no chute – como se não chegássemos nunca a saber bem o que esperar daquele genial gafanhoto ambulante que não parecia ostentar o inteiro domínio de sua disposição física.
Muito alto e de pés pequenos, com dificuldade para virar rapidamente em direções opostas, deu uma dimensão inesperada ao passe de calcanhar, que explorava em condições inimagináveis, incluindo lançamentos longos – como se fosse um Curupira adulto e esclarecido, capaz de investir de um sentido positivo o ponto fraco de Aquiles.
(…) A morte prematura dá um toque trágico à história única, desse ‘dançarino pensador / sócio da filosofia, da cerveja e do suor‘, que, ‘com destino e elegância, / ao tocar de calcanhar o nosso fraco, a nossa dor, / viu um lance no vazio, herói civilizador’. O Doutor.”
[Adaptado de José Miguel Wisnik, em O Globo, 10/12/2011]
This Post Has 3 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top