skip to Main Content
Copinha 2018: Resultados Da 2a Rodada

Copinha 2018: Resultados da 2a Rodada

Prezados Torcedores Responsáveis,

Seguem, abaixo, os resultados e comentários da 2a rodada da Copinha 2018! Nosso àlbum, com mais fotos e vídeos, está em:

https://photos.app.goo.gl/mCg9nQn6rxZaCzDa7

Arábia Saudita 1 x 3 Austrália

Após jogar bem, mas sofrer a derrota na estréia, nossa seleção partiu com tudo em busca de um resultado positivo na 2a rodada. O esquema e a proposta de jogo foram mantidos, e a idéia de construção de jogo partindo no nosso fixo foi aprimorado nos treinos. No entanto, a marcação da Austrália, muito bem encaixada e fechando o meio da quadra, dificultava que conseguíssemos finalizar as jogadas. Mesmo em desvantagem no placar, a equipe da Arábia lutou até o fim, conseguiu o gol de honra e, se tivesse mais sorte teria chegado ao segundo no lance em que o jogador do time adversário tirou a bola praticamente em cima da linha. Vamos com tudo em busca da recuperação na 3 rodada.

Inglaterra 6×2 Rússia (sub-8)

A Inglaterra tem se mostrado um time corajoso, que se lança ao ataque e, por isso mesmo – além da inexperiência natural da idade – também corre riscos! Novamente apresentou bom futsal, com destaque para o bravo capitão Dudi que empurrava o time ao ataque. Abrimos 3×0, mas permitimos dois gols do adversário e a partida ficou tensa! A arquibancada está se acostumando com as fortes emoções deste time! Mas conseguimos ajustar a marcação e, com méritos, abrir nova vantagem e fechar o placar!

Panamá 3×1 Polônia (sub-14)

 

O jogo do Panamá começou muito parecido com o da 1a rodada. Nosso time, desfalcado porém muito aguerrido, começou dominando as ações e construiu, em dois minutos, três chances de gol. A diferença é que, dessa vez, conseguimos converter as oportunidades, como no gol do Fafá no vídeo!. Com a vantagem construída tão cedo, a equipe conseguiu controlar as ações da partida todo o tempo, “rodar a bola” e correr poucos riscos. Com 3×0 no placar veio o relaxamento e, no contrataque, levamos o gol. 3×1 pro Panamá e a alegria de termos feito um bom jogo!

Suécia 0x3 Sérvia (sub-14)

Após ótimo jogo e vitória na estreia, a Suécia conheceu sua primeira derrota na Copinha. Jogando abaixo tecnicamente do que podemos render, enfrentamos um adversário bem organizado e muito forte fisicamente, que com uma proposta de marcação alta, começando no nosso campo de defesa, dificultou nossa saída de bola e forma de jogar. Precipitamos passes e acabamos errando muito. Encurralados, perdemos de 3×0. Devemos destacar que não faltou empenho e garra da equipe e, apesar do resultado desfavorável, nosso goleiro Antonio Lacombe fez uma partida irretocável, com defesa digna de capa de jornal!

Marrocos 3×1 Alemanha (sub-8)

A seleção do Marrocos continua embalada na competição. Após vitória na estreia, a equipe manteve o nível de atuação e conquistou mais três pontos na segunda rodada. Passado o nervosismo do primeiro jogo, nosso time entrou em campo com muita vontade, mas também tranquila para executar o que havíamos planejado. O resultado se construiu de forma natural, e só após marcarmos nosso terceiro gol a Alemanha começou a ameaçar. Mesmo com as substituições o time conseguiu manter bom padrão de jogo, o que já é difícil em campeonatos adultos. Parabéns e vamos com tudo para o próximo jogo!

Croácia 2×4 Egito (sub-10)

O jogo começou equilibrado, embora o adversário tivesse  mais posse de bola. Num contra-ataque rápido, conseguimos abrir o placar – para alegria de nossa torcida uniformizada! Mas o Egito tem boa equipe e veio com tudo, chegou a nos encurralar. Empataram o jogo e depois viraram, mas por algum tempo a partida ficou bastante disputada pelo meio da quadra, truncada mesmo, com erros de passe e desarmes de lado a lado. O Egito então conseguiu se impor e, logo após fazerem o terceiro, não nos entregamos e tivemos uma chance clara evitada pela Olívia, ótima goleira adversária. Levamos mais um e, ao final, demonstrando não desistir da partida, conseguimos mais um gol, um golaço aliás do Pedro Barreto. Valeu a luta de todo o time!

Peru 0x3 Argentina (sub-10)

Enfrentamos um time muito organizado e habilidoso, e não conseguimos executar boa saída de bola. O adversário, ao contrário, apostava numa saída com três jogadores na quadra defensiva, que não conseguimos marcar apesar dos pedidos para que a cobertura do meio da quadra fosse feita. Assim fomos envolvidos pela Argentina, que começa a se apresentar como favorita da categoria (venceu seus dois jogos). De positivo, a determinação do Peru, que não abandonou a partida em momento algum. Mas é preciso confiar mais na saída de bola dos treinamentos para conseguir usar o meio da quadra.

Portugal 1×1 Itália (sub-12)

Apresentamos evolução nesta segunda rodada, com melhor saída de bola e marcação mais definida. O pivô adversário dificultava nossa defesa (era muito grande), mas conseguimos ajustar. Acabamos nos impondo, com maior volume de jogo e… levamos um gol muito bobo, que mereceu bronca do treinador. Um jogador da Itália, cercado por três dos nossos na linha da área conseguiu espaço para girar e finalizar – não pode… Mas nos refizemos, passamos a mandar novamente na partida e, com muita entrega conseguimos o empate em bela jogada! Logo depois, num córner, quase viramos! O empate acabou não sendo o resultado esperado, mas Portugal foi solidário e disciplinado taticamente. Fez boa partida, parabéns!

Coréia do Sul 5×1 Colômbia (sub-10)

O jogo começou equilibrado, e demoramos um pouco para ajustar a marcação no ala esquerdo que nos dava trabalho. Quando melhoramos no setor, passamos a jogar com segurança, melhoramos a troca de passes como pedido e os gols foram saindo naturalmente – até construir a goleada! O adversário valorizou a vitória lutando até o final da partida, mas nossa equipe se mostrou consistente e venceu com autoridade!

***

No Chutebol temos uma proposta bastante clara: buscamos respeitar o tempo da infância. Assim, em nossas aulas – que viram treinamentos – procuramos estratégias que estejam ao alcance de todos. A ideia é apresentar as ferramentas básicas para o entendimento e execução da técnica e tática do futsal.

Assim, tentamos alcançar alunos e alunas com capacidade técnico-tática diferentes. Talvez, por isso, algumas vezes equipes adversárias podem dar a impressão de estarem em plano técnico-tático mais avançado. Talvez tenham outra proposta de aprendizagem, diferente da nossa.

Quero dizer com isso que imaginamos a vontade de ganhar e as impressões da arquibancada, desejosa da vitória: “não dá pra fazer assim, não dá pra fazer assado?”… bem, sempre dá. Mas nossa aposta é num desporto inclusivo, desde as atividades livres e lúdicas até alcançar enfim o treinamento. Para além dos resultados, a socialização e o aspecto emocional do esporte são muito valorizados por nós. É uma visão da infância para além das quatro linhas.

Muitas crianças e adolescentes, atualmente, desistem de praticar esportes por não se sentirem à altura dos treinamentos de muitas escolinhas.

Tudo isso pra dizer que, novamente, agradecemos demais pelo carinho e apoio da arquibancada. A família torcedora é nosso alicerce para que essa molecada possa errar quantas vezes for necessário, acreditando que serão sustentados. Até que acertem – e aí a gente explode de alegria!!

Aquele abraço, saudações esportivas

This Post Has 2 Comments
  1. Fantástico, Rodrigo e Tiago!
    Parabéns e obrigada por oferecer esta oportunidade.

    O mais legal de tudo é que ele tem consciência da sua melhora, da sua evolução, e com isso vem aceitando novos desafios.
    Chutebol contribui demais para o desenvolvimento do meu pequeno-grande!
    Fica aqui meu agradecimento!
    Abs.
    Juliana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top