skip to Main Content
Copinha 2019: Resultados Da 2a Rodada

Copinha 2019: Resultados da 2a Rodada

Prezados Torcedores Responsáveis,

Seguem, abaixo, os resultados e comentários da 2a rodada da Copinha do Mundo de Futsal! Mais fotos e vídeos, enviados por familiares nesta rodada (selfies também!) no Álbum da Copinha 2019

Grécia 1×1 Polônia (sub-14)

A Grécia enfrentou a forte equipe da Polônia e se mostrou fiel ao seu estilo de jogo. Apostando na marcação mais adiantada, tentou sufocar o adversário em seu próprio campo e conseguiu. Em falha de cobertura na marcação, no entanto, teve seu gol vazado ainda no primeiro tempo, mas nada que abalasse a nossa forma de jogar. Com uma transição lenta da defesa para o ataque, tivemos dificuldades para penetrar na defesa adversária, mas numa ligação direta goleiro-pivô conseguimos chegar ao gol de empate – seguimos em busca da classificação!

Costa Rica 0x5 Senegal (sub-10)

Nos pareceu um placar exagerado. A equipe marcou pressão e levou dois gols em falhas individuais. Não mudamos nossa maneira de jogar, pois conseguíamos atacar e levar perigo a Senegal – faltou botar a bola lá dentro! Pressionamos e tivemos boas chances mas, numa falha de cobertura no segundo tempo, levamos o terceiro quando estávamos perto de diminuir, e aí sim o time sentiu. O adversário soube aproveitar nosso mau momento e fechou o placar, sabendo liquidar o jogo. Importante ressaltar algo muito importante: a Costa Rica, em momento algum, desistiu da partida e isso foi dado como retorno positivo ao time. Vamos reagir!

Espanha 2×3 Equador (sub-8)

Que jogo! Com muita vontade a brava equipe da Espanha foi em busca de melhor resultado após a primeira rodada. Um pouco inseguros no início do jogo, tínhamos dificuldade para sair com a bola. Com o passar do tempo, após caírem as primeiras gotas de suor e o nervosismo passando, pudemos acertar passes e tentar jogadas individuais. Ficamos atrás do placar durante quase toda a partida, o que é muito difícil – mas sempre buscamos o placar. Ao fim do jogo, aquela sensação de que fizemos todo o possível; evoluímos muito! Vamos em busca da primeira vitória na competição. Pra cima deles!

Islândia 0x2 Gana (sub-12)

Não fizemos boa apresentação. Com pouca posse de bola e criando poucas chances de gol – a não ser em chutes de longa distância – a Islândia sofreu sua segunda derrota na competição. O destaque da equipe foi mais uma vez foi o goleiro Vitor Neiva, que vem se destacando como um dos melhores goleiros da Copinha 2019. O time precisa apresentar melhor postura defensiva, ganhar consistência, até para poder ser mais incisiva ao atacar. Vamos treinar muito para a próxima rodada!

 

Egito 3×1 Rússia (sub-10)

Enfrentando os russos, conseguimos a primeira vitória! Ainda em busca da melhor formação, a equipe passou por mais um duro teste na Copinha. Aos dez segundos de jogo tivemos chance clara, que deixou a impressão de que o gol sairia logo – mas não foi o que aconteceu. Após nossa pressão inicial, foi a Rússia que abriu o placar, mas não perdemos o ímpeto ofensivo e tivemos outras oportunidades de marcar. Na volta para o segundo tempo, mantivemos a proposta de abafar o adversário. Após o empate, trabalhamos melhor a bola e o placar foi sendo construído. Ao final, boa vitória e a certeza de que ainda podemos melhorar nosso desempenho! 

Suíça 3×2 Camarões (sub-14)

Com excelente atuação durante oito minutos da primeira etapa (apresentando boa movimentação, troca de passes, postura defensiva e um belo gol de falta de João Naliato), os dois minutos finais foram de desequilíbrio e incrível queda de rendimento – quando a Suíça permitiu o empate e colocou o adversário no jogo. Na segunda etapa, voltamos a apresentar bom futsal. Tendo a posse de bola e comandando as ações, fomos pressionando Camarões. Curioso é que os suíços fizeram o gol da vitória, que lhes garantiu mais três pontos na competição, em lance confuso e com alguma ajuda da sorte, coisas do futebol… Mas foi ótima e merecida vitória, a Suíça é líder da categoria!

 

Itália 5×1 Marrocos (sub-10)

Grande atuação! A Azzurra apresentou modificações após a derrota na estreia, e surtiram efeito: boa saída de bola e movimentação, além de marcação pressão na quadra adversária. Abrimos o placar com Martin, que fez ótima partida, e podíamos ter fechado a primeira etapa em vantagem maior. Voltamos decididos e, no início do segundo tempo, construímos a goleada sem dar chances ao Marrocos! Vale ressaltar o companheirismo de Vicente Zobaran, que foi pro gol substituir João Francisco, goleiro titular que havia quebrado o braço – valeu demais, garotinho!

Sérvia 2×1 Irlanda (sub-8)

Foi um jogaaaço, desses pra testar o coração da torcida! João Menezes abriu o marcador logo de saída, ao pressionar a defesa adversária, e o ginásio veio junto na maior festa! A Irlanda não fez por menos e apresentou bom futsal, além de um time forte fisicamente. Conseguiram empatar e aí o jogo ficou bastante equilibrado, mas de alguma maneira a Sérvia parecia controlar as ações, propor o jogo. Ainda ao final do primeiro tempo, Theo encontrou João novamente  livre, e daí para as redes! O segundo tempo seguiu muito disputado, mas nossa equipe demonstrava consciência do que fazer em quadra. Metemos uma bola na trave, sofremos alguns ataques, mas ao final conseguimos a vitória! Vamos com tudo, a Sérvia é líder da categoria!

Coréia do Sul 1×3 Holanda (sub-10)

Com casa cheia e um jogo pra lá de emocionante, partimos em busca da vitória com futsal de ótimo nível, marcando pressão e dificultando a saída de bola holandesa. Eles contra-atacavam com lançamentos da goleira e, num cochilo da marcação, abriram o placar. Voltamos à carga, conseguimos o empate ainda no primeiro tempo e tivemos chances claras para virar – como no chutaço de Pedro Naliato que explodiu na trave! Na segunda etapa, o jogo seguiu o mesmo roteiro, pressionamos muito com ótima atuação coletiva mas, noutro contra-ataque, a Holanda virou e logo depois ampliou. A Coréia não saiu do jogo em momento algum, atacando com coragem e ousadia, tentando enconstar no placar! Foi um lindo jogo e seguimos em busca da classificação!

***

Muito importante pra nós, a partir da segunda rodada de uma competição tão difícil, poder enxergar a evolução de alunos e alunas – no plano individual e coletivo. Os treinamentos visando cada jogo vão possibilitando um repertório de ações em quadra, e não é facil assimilar. De um modo geral, nossa avaliação é que, resultados à parte, tem havido aprendizagem e melhora no desempenho.

Quando o ginásio fica cheio, então, a dificuldade dobra! A carga emocional pesa: tem aluno que fica duro, rígido, antes de entrar em quadra; tem outro que fica pálido… essas coisas o treinador percebe, tenta contornar.

A capacidade de colocar uma certa agressividade pra fora, um rugir de leão ou leoa, é fundamental para a criança encarar aquele caldeirão. Isso não tem, naturalmente, nada a ver com ser violento, mas sim com poder fazer uso de uma força que todos carregamos lá no fundo. É preciso liberá-la para atuar com potência, com vontade e assertividade.

Às vezes o time se perde, a criança se perde, o treinador se perde – é como se não enxergássemos por alguns instantes. Mas, tendo por base as aprendizagens e a confiança mútua, de que estamos juntos, lutamos para recuperar a lucidez e, assim, avistar novamente o horizonte.

Sempre há um horizonte a buscar.

O Chutebol agradece o carinho e a torcida, até a 3a rodada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top