skip to Main Content

Por uma publicidade responsável

” A cultura infantil comercial entende o que pais e educadores não entendem – crianças e adolescentes são torturados pelo desejo, que demanda estímulo e muitas vezes escapa das mãos.(…) O poder, no final do século XX, mantém sua legitimidade de formas muito mais sutis e eficazes. (…) Não há dúvida quanto a isto: publicitários querem transformar crianças em consumidores – de fato, eles veem as crianças como consumidores em treinamento.”
 
[Adaptado de Steinberg & Kincheloe – Cultura Infantil: A Construção Corporativa da Infância, 2004]
***
O afeto, o diálogo e a presença dos pais; a possibilidade de frustrar a criança quando necessário; e a problematização do consumo, são ferramentas indispensáveis para que a criança possa, aos poucos, crescer de maneira mais autônoma e crítica dentro das relações de consumo. A ética, o cuidado com o meio ambiente e consigo mesmo não são inatos – devem ser construídos… Não, não é fácil.
Criança dá trabalho!
Aquele abraço, saudações esportivas
This Post Has One Comment
  1. Ótimo tema e video sobre consumo e crianças, Rodrigo, manda sempre coisas do gênero – que vale a pena a gente, pais e educadores, se informar e refletir.

    Abraço, Paola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top