skip to Main Content

Registro: Torneio Interno Junho/2015

Caríssimos (as),

O Torneio Interno de Junho/2015 foi simplesmente sen-sa-cio-nal! Ginásio lotado, frio na barriga, bola rolando e… muitos gols! As fotos enviadas pelos pais estão em nosso álbum – no canto inferior direito do blog, ou pelo link: http://www.picasaweb.google.com/rodrigotupicarvao
[Nova Iguaçu: Campeão!]
Em primeiríssimo lugar gostaríamos de agradecer aos familiares que compareceram, com muita empolgação e carinho, para incentivar os jogadores. Insistimos que as atitudes infantis são tremendamente influenciadas pelos adultos à sua volta, então é muito importante sustentarmos um ambiente acolhedor. Aliás, inclusive quando alguma criança estiver sendo agressiva dentro de quadra, precisamos supor que ela está em dificuldades ao reagir de maneira desproporcional, e é nosso dever ajudá-la – e não crucificá-la, não é mesmo? Para que esta mesma criança, conforme vá crescendo, possa perceber como é bom ser acolhido em seus momentos mais difíceis; e isso não significa, de maneira alguma, deixar de impor a ela as regras comuns a todos. Não é ‘um-ou-outro’. Me parece importante poder refletir sobre isso.
Com relação aos jogos em si, acredito que tenhamos visto boas apresentações, em que pese um torneio infantil ter suas particularidades. As saídas de bola, por exemplo, ainda são nestas faixas etárias muito inseguras (o medo de perder a bola na frente do próprio gol), daí a opção de muitos goleiros em tentar a famosa ligação direta com o ataque; e provavelmente porque, por experiência ao longo dos anos, temos feito a opção de trabalhar o posicionamento defensivo no primeiro semestre – pois sem saber se posicionar em quadra, ninguém consegue sequer competir. No segundo semestre é que intensificamos os treinamentos na parte ofensiva. E os alunos expressaram isso em seus jogos. É natural.
No mais, entre (quase) mortos e feridos, saíram todos vivos: uns meio chateados porque perderam, outros muito felizes porque ganharam; muitos vencedores e vencidos se abraçando, alguns pais achando que o treinador errou numa mexida, numa escalação aqui e acolá. De antemão, assumo: erramos, mesmo! Mas também devemos ter acertado… O importante é não perder de vista que, para além do esporte, estamos falando mesmo é de educação como um valor, em seu sentido mais profundo. E assim segue o futebol, com sua magia que teima em nos tirar do eixo mas, igualmente, nos faz explodir de alegria! Obrigado a todos mais uma vez e seguem abaixo os resultados:

Categoria 09 a 12 anos (Capitães com*):
CampeãoNova Iguaçu [Thomaz Miranda*, Antonio Lacombe, J. Victor Terra, Bento].
Vice-CampeãoReal Madri [Luis Fernando*, Rafinha, Igor Dana, Yan, Arthur Castro]
3o LugarBatatinha [Lucas Moreira*, J. Pedro Drummond, Felipe Miranda, Juca, Rafael Toledano, Caio Laury].
4o LugarDig Din Poderoso [Pedro Igreja*, Josué, Marquinhos, Humberto, Vicente Lisboa].
5o LugarFifa 18 [Pedro Saulles*, Diogo Mattos, Leo Zagury, Daniel Antabi, Paulo Sergio].
6o LugarBarney de Munique [Mathias Sussekind*, João Naliato, Thiago Bacellar, Rafael Martins, Gustavo Dulens].

7o Lugar: Maracanã [Guilherme Burity*, Rodrigo Girardi, Tomás Girardi, Artur Sérigo, Hugo Ferreira, Bernardo Pimentel]

8o Lugar: Peppa Pig: [Pedro Levinson*, J.Pedro Aquino, Miguel Balbuena, Gabriel Arcalji, P. Henrique Bermudes, Bernardo Mascarenhas]
*Premiação Especial (a cor corresponde à equipe):
Craque: Bento Lima
Artilheiro: Bento Lima
Melhor GoleiroThiago Bacellar
Medalha Raça: Rafael Martins
[Leões: Campeão!]

Categoria 06 a 09 anos (Capitães com*):
CampeãoLeões [Antonio Salomone*, Bruno Favilla, Miguel Mello, Gabriel Junqueira, Thiago Palacios].
Vice-CampeãoOs Ferozes [João Victor*, Davi, André Massa, Diogo Gavinho, Danilo].
3o Lugar: Vulcão [Felipe Souza*, Antônio Ketter, Arthur Souza, Rafael Garcia, Rafael Austin].
4o LugarBatatas Militares [Pedro Futura*, Felipe Jourdan, Bem Moura, Fred Martins, Danilo].
5o LugarGoleadores [Caetano*, Arthur Storino, Pedro Barreto, Gabriel Brakarz, Pedro Porto].
6o LugarFutebol Clube [Pedro Burlamaqui*, Pedro Abba, Henrique Miranda, Pietro, Vinícius Dobbin].

7o Lugar: Bazuca da Pesada [Bernardo Pessanha*, Enzo, Danilo, Theo Miziara, Luca]

8o LugarDetonadores[Joca*, João Caminha, Daniel Matta, João Arraes, Felipe Stopatto]
[Amizade é isso aí!]
*Premiação Especial (a cor corresponde à equipe):
Craque: Antônio Salomone
Artilheiro: Antônio Salomone
Melhor GoleiroDanilo
Medalha Raça: Davi
Aquele abraço, saudações esportivas
This Post Has 17 Comments
  1. Obrigada rodrigo e Tiago,

    Acertamos, erramos…. e seguimos assim… e assim vivemos e felizes!!!
    Bernardo chegou chateado no domingo, mas logo depois contou varias coisas legais e divertidas…..
    obrigada pelo olhar tao interessante!!!
    bis
    Familia Mascarenhas

  2. Rodrigo e Tiago, mais um torneio realizado brilhantemente por vocês! Parabéns, e não digo isso pelo fato do Diogo ter ido pra final ou feito gol, digo isto baseado no excelente trabalho desenvolvido com tanto carinho e afinco por vocês, não só durante o torneio, mas ao longo do ano todo. Sou fã do trabalho de vocês! Forte abraço e vamos em frente!!!

  3. Rodrigo,

    Apenas para confirmar que o Vinicius Dobbin vai sair da escolinha porque nós vamos nos mudar para a Noruega no sábado. Gostamos muito desse período e agradecemos tudo que vcs ensinaram para ele.

    Grande abraço,

    Leonardo

  4. Parabéns Rodrigo!!!
    Adoramos participar dessa festa linda que se tornou o torneio interno ontem!
    Entre alegrias & tristezas, sorrisos e choros, todos se salvaram!!!
    Bjs & uma ótima semana!!!

  5. Adorei o torneio, foi muito legal. Esse negócio de reclamar de escalação é coisa de brasileiro. Kkkk
    Futebol é uma caixinha de surpresas e não tem como ser equilibrado, errar ou acertar. Faz parte do jogo.

    Parabéns para todos os envolvidos! Embora ainda não jogue com raça suficiente, meu filho curtiu muito participar pela primeira vez. E nós vibramos na arquibancada.
    Bjs

  6. Poxa Rodrigo, qualquer erro diante do enorme ACERTO que é o Chutebol é cosquinha, né?

    A grande vitória é ver essa vontade que se mantém de praticar um esporte brincando e o incrível aprendizado que uma modalidade coletiva traz.

    Mas isso fala uma mãe que não entende nada de futebol hehe mas entende alguma coisinha de filho feliz… :p

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top