skip to Main Content

A Infância corporativa

Caros,

Acima, o segundo vídeo de uma série interessantíssima sobre consumismo e infância. O vídeo #1 está postado aqui neste blog, em dezembro de 2008. O texto abaixo contribui com o tema:

“A crise da infância exige que examinemos suas causas. Apesar da série de fatores que criaram a perigosa situação que as crianças agora encaram de frente (…) há um fator em particular: a produção corporativa da cultura infantil popular e seu impacto nas crianças. Tal esforço pode situar-se no âmbito da abrangente expressão ‘pedagogia cultural’, que enquadra a educação numa variedade de áreas, incluindo mas não se limitando à escolar.

Àreas pedagógicas são aqueles lugares onde o poder é organizado e difundido, incluindo-se bibliotecas, cinemas, jornais, revistas brinquedos, propagandas, videogames, livros, esportes, etc. (…) As organizações que criaram este currículo cultural não são educacionais, e sim comerciais, que operam não para o bem social mas para o ganho individual. Tal ‘pedagogia cultural’ é estruturada por dinâmicas comerciais, forças que se impõem em todos os aspectos a nós mesmos e às vidas privadas de nossas crianças (Giroux, 1994).

Padrões de consumo moldados pelo conjunto de propaganda das empresas capacitam as instituições comerciais como professoras do novo milênio. A pedagogia cultural corporativa fez seu dever de casa – produziu formas educacionais de um incontrolável sucesso quando julgadas com base na lógica de mercado. A América corporativa revolucionou a infância.

(Adaptado de ‘Cultura Infantil – A construção corporativa da infância’ – Steinberg & Kincheloe, 2004)

***

Ainda sobre o tema, um curta premiadíssimo, im-per-dí-vel [basta clicar no link abaixo]:

http://chutebol.blogspot.com/2007/11/curta-petrobrs-inveno-da-infncia.html

Aquele abraço, saudações esportivas

This Post Has One Comment
  1. Fala Tupi

    Muito bom receber esses e-mails do chutebol. Hoje estou afastado do mundo pedagógico e ao ler seu blog vejo como isso me faz falta.

    Parabéns pelo trabalho!

    Jan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Back To Top